quarta-feira, 27 de julho de 2011

Estado agudo de felicidade...

"... Já entrei contigo em comunicação tão forte que deixei de existir sendo. Tu tornas-te um eu. É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas. É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois? Dificílimo contar. Olhei pra você fixamente por instantes.
Tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão perfeita.
Eu chamo isto de estado agudo de felicidade."


Clarice Lispector

7 comentários:

  1. Muito obrigada pela sua companhia no meu blog.
    Amei o seu lar virtual!

    Um beijo Av3sso :-)

    ResponderExcluir
  2. Amei essa citação da Clarice, "houve o que se chama de comunhão perfeita"...
    Demais!
    Abraços amiga,
    da Mery.

    ResponderExcluir
  3. A comunhão é uma palavra mágica. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  4. O mais interessante é que comunhão e amor, podem ser entendidas como sinônimos. E me faz lembrar que em todas as formas de amor isso é possível.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Querida Zélia...

    amo Clarice, mesmo quando está muda, pois pressinto que ela vai dizer algo grandioso e...

    Que delícia de texto...nele o menos é mais.

    E...também quero um estado agudo de felicidade!rs

    beijos

    ResponderExcluir
  6. A vovó está com saudades de seus netinhos.
    http://anabelanacasadavovo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Precioso lo que has escrito. Conmueve y enternece. Mu y bello. Un abrazo grande.

    ResponderExcluir